Menu

Receba as novidades do nosso blog!

Fique antenado sobre várias profissões.

  • Blog
  • Cursos de Engenharia: guia completo sobre a profissão

Cursos de Engenharia: guia completo sobre a profissão

Cursos de Engenharia: guia completo sobre a profissão
Teste de Carreiras Gratuito

Os cursos de Engenharia são os queridinhos para os estudantes mais ligados na área de exatas, com muitas opções de áreas de atuação e bons salários, a profissão é complexa e bem diversa. Veja agora um guia completo com tudo que você precisa saber sobre os cursos de Engenharia e a atuação nessa profissão.

Neste post, você irá encontrar os seguintes tópicos:

  • Cursos de Engenharia: quais são as opções?
  • Qual Engenharia fazer?
  • A faculdade de Engenharia
  • Qual Engenharia ganha mais?
  • Vale a pena fazer Engenharia?

Boa leitura!

Cursos de Engenharia: quais são as opções?

A área de Engenharia oferta uma variedade bem grande de opções de curso superior, com atuações que ao mesmo tempo são bem diferentes, mas que também se completam.

Sendo assim, a base de conhecimento da Engenharia é praticamente a mesma em todos, até um certo momento do curso.

Mas, ao final da faculdade, cada curso possui seu direcionamento próprio de atuação no mercado de trabalho, com funções essenciais para o funcionamento da sociedade.

Atualmente, o Brasil possui mais de 40 cursos de Engenharias.

As mais procuradas entre as opções são: Civil, Ambiental, da Computação, de Controle e Automação, Elétrica, Mecânica, de Petróleo, de Produção e Química.

Os cursos de Engenharia costumam ser muito concorridos, porém também existe uma grande oferta de vagas para este tipo de curso.

Se você pensa em seguir uma carreira atuando como engenheiro, é importante entender qual é a função de cada um deles e alinhar a realidade com seus gostos e objetivos de vida.

Cursos de Engenharia: qual fazer?

No momento de escolher o curso ideal para você, a dica é focar em alguns pontos importantes sobre a faculdade e a carreira que pode ser desenvolvida.

Primeiramente, a Engenharia é mesmo a carreira ideal para você? Para descobrir isso, faça seu Teste de Carreiras on-line e sem custos, para entender qual é sua profissão ideal.

Após realizar essa análise profissional, você terá uma base confiável para entender suas melhores opções e, desse momento em diante, pesquisar os cursos ideais.

Em seguida, separe as opções que foram apontadas para seu perfil e comece a pesquisar separadamente sobre cada uma delas: mercado de trabalho, salários, funções e responsabilidades profissionais.

Nesse momento, atente-se aos dados de cada um para identificar qual combina mais com você. O importante é pensar: “eu gostaria de trabalhar todos os dias com isso?”.

Por fim, deixe o curso (ou no máximo três opções) que você mais gosta.

Agora, chegamos na fase de entender com mais profundidade sobre essa (ou essas) opção de carreira.

Para isso, entre em contato com pessoas que já estão no mercado de trabalho ou que estão passando pela faculdade, veja as principais empresas do ramo, suas possibilidades de trabalho e como seria um possível futuro na profissão.

O ideal é pensar em questões de localização, mercado atual, demanda do setor, opções de apoio financeiro durante a faculdade e por aí vai.

Vale destacar que assim como as demais formações superiores, os cursos de Engenharia não são fáceis, então será necessário manter uma boa dedicação aos estudos, não apenas durante a faculdade, mas sim durante toda a carreira.

A área está sempre se atualizando e ganhando novas caras, por isso, o estudo nesta profissão será contínuo.

Esses e outros fatores fazem total diferença durante sua experiência na faculdade e após ela, por isso, refletir e pesquisar é essencial no momento de decidir seu futuro.

Além disso, um passo muito importante nesse processo é escolher a melhor faculdade para a sua formação na área de Engenharia.

Para isso, existem algumas orientações que podem te ajudar muito. Vamos falar melhor no próximo item.

A faculdade de Engenharia

Inicialmente, você deve se orientar pelas avaliações do Ministério da Educação (MEC), onde as instituições são analisadas por seu desempenho, mostrando a qualidade de ensino oferecida para os alunos, a infraestrutura da faculdade e corpo docente.

Dessa forma, a dica é procurar as opções de faculdade e analisar esse detalhe.

Fuja de mensalidades absurdamente baixas, pois muitas vezes a instituição não terá todo suporte para sua formação de qualidade.

Então, busque por faculdades que ofereçam apoio financeiro com bolsas de estudos, financiamento estudantil e descontos. São muitos anos de curso e por mais que você não precise agora, é importante ter esse suporte.

Além disso, vale lembrar que o curso de Engenharia, independente de qual seja, é muito prático, por isso, a faculdade escolhida deve ter estrutura necessária para te atender.

Faculdades com campus grandes, laboratórios, projetos extracurriculares e grupos de pesquisa, são as melhores opções neste caso.

Outro fator para ser levado em conta, é o tempo de mercado. Veja se a instituição é reconhecida pelo MEC e respeitada no mercado de trabalho.

Atualmente, algumas faculdades como no caso da Multivix, oferecem setores exclusivos de encaminhamento para estágio e empregos. Você deve estar o mais próximo possível do mercado de trabalho, sempre pensando nas oportunidades pós-formação.

Em resumo, após escolher o seu curso (ou o top 3), procure se informar sobre a melhor faculdade, onde você tenha suporte financeiro e educacional, principalmente.

A faculdade é o momento que vai definir sua carreira, pois é nela que você terá sua formação profissional, por isso, procurar qualidade de ensino é o mais importante.

Por dentro dos cursos de Engenharia…

De forma geral, todos os cursos de Engenharia têm uma duração média de 5 anos, divididos em 10 períodos.

Durante os primeiros anos de curso, você irá encontrar matérias mais gerais como Introdução à Engenharia, Física e Cálculo. Nesse momento, o ensino-aprendizagem é mais teórico, para que o aluno seja introduzido no conhecimento da área.

Depois desse período, cada curso possui matérias específicas para o seu tipo de atuação profissional, além disso, as aulas começam a ficar mais práticas.

Confira as especificidades dos principais cursos de Engenharia.

Engenharia Civil: conteúdos como Desenho Técnico, Patologia das Construções e Construção Civil. Formação focada em construções variadas e todas as obrigações do profissional nesse processo;

Leia também: Faculdade de Engenharia Civil: tudo o que você queria saber!

Engenharia Ambiental: Biologia Geral, Ciência e Tecnologia dos Materiais e Geotecnia. Formação focada em responsabilidade ambiental e proteção da natureza, durante o crescimento/modificações no local;

Leia também: Engenharia Ambiental é profissão para quem pensa no futuro

Engenharia da Computação: Redes de Computadores, Estruturas de Dados e Programação são algumas das matérias do curso. O estudante irá aprender tudo sobre a parte técnica do universo digital;

Leia também: O que se aprende no curso de Engenharia da Computação

Engenharia de Controle e Automação: Tecnologia e Inovação, Automação Industrial e Eletrônica Digital são alguns conteúdos da faculdade. Responsável por desenvolver projetos de automação para facilitar diversos processos industriais e empresariais;

Leia também: Engenharia de Controle e Automação, o que faz?

Engenharia Elétrica: conteúdos como Eletromagnetismo, Sinais e Sistemas e Máquinas Elétricas. O aluno irá aprender a desenvolver e aplicar técnicas nos setores de eletricidade, eletromagnetismo, eletrônica e energia elétrica;

Leia também: Engenharia Elétrica: entenda tudo sobre o curso e a profissão

Engenharia Mecânica: Tecnologia Mecânica, Fontes Alternativas de Energia e Hidráulica e Pneumática são alguns conteúdos estudados. Responsável por analisar, desenvolver e realizar a manutenção de sistemas mecânicos em carros, máquinas e equipamentos.

Engenharia de Petróleo: conteúdos como Termodinâmica, Análise de Combustíveis e Produção e Processamento de Petróleo e Gás. Atuação na indústria do petróleo com o segmento de exploração e produção do setor.

Engenharia de Produção: Gestão de Qualidade, Ergonomia e Engenharia de Métodos são algumas das matérias estudadas. Responsável por desenvolver métodos, técnicas e processos com foco em otimização e melhoramento.

Leia também: Você sabia que pode estudar engenharia de produção online?

Engenharia Química: conteúdos como Química Orgânica, Engenharia Bioquímica e Ciências do Ambiente. Trabalho voltado para processos físico-químico de uma matéria-prima em bens de consumo para a população, com foco em melhorar a sociedade.

Leia também: Engenharia Química X Química: entenda a diferença entre essas graduações

Por fim, após escolher seu curso, faça uma avaliação das faculdades que melhor possam atender suas necessidades e oferecer uma formação de qualidade.

Qual Engenharia ganha mais?

Os cursos de Engenharia não são tão concorridos por acaso. A área vem sendo uma tendência profissional há alguns anos, com o mercado aquecido e salários altos.

Isso porque o profissional de Engenharia é responsável por atuar com grandes demandas atuais: melhoramento e criação de projetos que facilitam e otimizam a vida em sociedade.

Entretanto, o salário e o tipo de carreira vai depender das suas escolhas. Ao longo da faculdade, serão apresentadas as atuações da sua e cada uma tem suas próprias características e podem ou não, terem um bom mercado.

Sendo assim, em tese não podemos afirmar qual Engenharia ganha mais, afinal, isso irá depender de suas escolhas profissionais.

Confira a média salarial de cada Engenheiro:

Engenharia Civil: R$ 7.737

Engenharia Ambiental: R$ 5.060,00

Engenharia da Computação: R$ 6.822,59

Engenharia de Controle e Automação: R$ 7.671,00

Engenharia Elétrica: R$ 7.500,00

Engenharia Mecânica: R$ 6.189

Engenharia de Petróleo: R$ 9.600

Engenharia de Produção: R$ 7.516,00

Engenharia Química: R$ 6.529,00

 

Da mesma forma que os salários, as oportunidades de emprego também são bem diversas.

Um Engenheiro pode atuar em indústrias, corporações, empresas de todos os portes (pequena, média e grande) ou até mesmo, abrir o próprio negócio com serviços da área.

Atualmente, é comum achar profissionais de Engenharia que prestam consultoria, por exemplo. Basicamente, a venda de seus conhecimentos sobre o trabalho para contribuir em projetos novos.

Já dentro das empresas, são muitas as possibilidades de atuação, desde o cargo propriamente de Engenheiro, como cargos em demais subáreas da Engenharia, como Gestão de Qualidade, Processos Industriais e por aí vai.

Por fim, se você optar por fazer o curso de Engenharia, encontrará um mercado aquecido, muitas formas de trabalho e salários altos.

Vale a pena fazer cursos de Engenharia?

Sim, com certeza vale a pena fazer um curso de Engenharia. Mas, só você pode decidir se é a melhor carreira para sua vida.

Então, siga as instruções dos itens anteriores e alcance o melhor resultado nesse momento decisivo que é tão importante.

Depois que definir qual Engenharia fazer, a dica é escolher a melhor faculdade para sua formação e se dedicar aos estudos, além aproveitar as oportunidades de estágio e demais experiências profissionais para se destacar no mercado de trabalho.

Em conclusão, vale a pena sim fazer Engenharia, pois a área irá te oferecer oportunidades muito boas de atuação, com reconhecimento profissional e uma carreira de sucesso.

Caso já tenha tomado sua decisão, aproveite para garantir sua vaga na Multivix. São 9 cursos de Engenharia, sendo 5 com nota máxima no MEC. Faça sua inscrição!

Saiba tudo sobre bolsa de estudo, financiamento estudantil e descontos.