• Blog
  • Prouni: como garantir sua vaga no ensino superior

Prouni: como garantir sua vaga no ensino superior

Prouni: como garantir sua vaga no ensino superior

De acordo com o Governo Federal, o Prouni já deu acesso ao ensino superior para mais de 2 milhões de estudantes em todo o Brasil. Por conta desse sucesso, o programa tornou-se uma excelente oportunidade para diversas pessoas realizarem o sonho de ter uma formação de ensino superior e entrar no mercado de trabalho.

Quer garantir sua vaga no ensino superior com o Prouni? Confira mais detalhes a seguir!

Datas do Prouni 2019:

  • Inscrições: 31 de janeiro – 3 de fevereiro, 2019

  • Resultado da primeira chamada: 6 de fevereiro de 2019

  • Comprovação de informações da primeira chamada: de 6 a 14 de fevereiro de 2019

  • Resultado da segunda chamada: 20 de fevereiro de 2019

  • Comprovação de informações da segunda chamada: de 20 a 27 de fevereiro de 2019

  • Prazo para lista de espera: de 7 a 8 de março de 2019

O que é Prouni?

Iniciado em 2005, o Programa Universidade Para Todos – ou apenas Prouni – é um projeto desenvolvido pelo Ministério da Educação (MEC) com base na Lei 11.096. Seu objetivo é simples: promover a inclusão social ao oferecer bolsa de estudo para que estudantes de baixa renda possam estudar em universidades particulares.

Quem pode concorrer a uma bolsa do Prouni?

Como dito, o Prouni atende apenas a estudantes de baixa renda que tenham realizado o ensino médio completo na rede pública, ou em escolas particulares como bolsistas integrais. O auxílio concedido é analisado conforme a renda familiar bruta per capita. Entenda:

  • Bolsa Integral: o auxílio que cobre 100% do valor total da mensalidade se estende para as pessoas cuja renda familiar per capita (por pessoa) máxima seja de um salário mínimo e meio. Assim, os estudantes podem cursar uma graduação inteira gratuitamente.
  • Bolsa Parcial: o auxílio de 50% na mensalidade é concedido para estudantes cuja renda familiar per capita (por pessoa) máxima seja de até três salários mínimos. Por apenas custear metade da mensalidade, a outra deve ser paga pelo aluno. Entretanto, ele pode optar por realizar um financiamento estudantil, como o Fies, para custear a outra metade.

Poucos sabem, mas portadores de deficiência podem requerer o benefício do Prouni com a intenção de realizar uma faculdade em uma instituição privada. Isso ocorre por conta de um sistema de cotas que também inclui cidadãos autodeclarados indígenas, pardos ou pretos. O que mantém o cerne do programa de inclusão social para todas as pessoas.

Professores da rede pública de ensino também têm acesso a bolsas oferecidas pelo Prouni para cursos de licenciatura ou pedagogia. Eles não necessitam da comprovação da renda familiar, a única exigência é que façam parte do quadro docente de uma instituição.

Como funciona o ProUni?

Além de ter realizado o ensino médio completo em escola pública, ou estar em um dos grupos especiais citados acima, o candidato ao Prouni precisa obrigatoriamente prestar o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). Para requerer a bolsa, o aluno necessita ter uma média de 450 pontos e não ter zerado a redação.

Após a divulgação das notas do exame, os interessados precisam realizar uma inscrição no portal do Prouni conforme calendário amplamente divulgado pelo Governo Federal. O acesso é feito por meio do número de inscrição da última edição do Enem, e em seguida informar os dados sobre a renda familiar e sobre a escolaridade.

Após finalizar o cadastro, o estudante pode escolher entre as duas opções de curso com vagas disponíveis. Durante o período de inscrição, ele pode realizar outras mudanças, visando as graduações e instituições que melhor atendam suas exigências, ou que possam estar dentro da sua nota de corte com base na pontuação no Enem.

E como são feitas as matrículas?

Com o encerramento das inscrições, o Prouni analisa as notas dos candidatos e seleciona os estudantes que tiverem melhores notas naquela instituição e cursos escolhidos pelo candidato. Após a divulgação do resultado, o aluno selecionado pode realizar a matrícula na instituição desejada com os documentos necessários e comprovantes que dão direito à bolsa.

Caso a nota tenha sido insuficiente para passar, o programa também possui um processo com Bolsas Remanescentes. Desta forma, o estudante tem a chance de conseguir uma nova oportunidade após a primeira ou segunda chamada.

Sem dúvidas, o Prouni oferece uma excelente oportunidade para uma camada da população brasileira que não teria condições financeiras para cursar uma graduação. E no futuro, esses egressos terão melhores oportunidades no mercado de trabalho.

Agora que você já conhece como funciona o Prouni, por que não utilizar essa bolsa de estudos para realizar uma das graduações da Multivix?

Se você ainda tiver alguma dúvida, entre em contato pelo WhatsApp!
Quero Conversar pelo Whastapp!