Menu
  • Blog
  • Como montar um consultório de Medicina Veterinária

Como montar um consultório de Medicina Veterinária

Como montar um consultório de Medicina Veterinária

Após terminar o curso de Medicina Veterinária, muitos profissionais decidem abrir o seu próprio consultório veterinário para atender e cuidar de animais. Entretanto, é preciso seguir alguns passos para que seu novo empreendimento seja um sucesso.

Neste texto, você irá conferir um passo a passo de como abrir um consultório de Medicina Veterinária, entendendo como legalizá-lo e até mesmo a como atrair os primeiros clientes. Vamos lá?

Saiba a diferença entre os estabelecimentos de atenção a pequenos animais

Existem 3 principais tipos de empreendimentos que atendem pequenos animais, e saber a diferença entre eles é importante, já que cada um precisa seguir normas e leis específicas para se manter na legalidade.

  • Clínica Veterinária: local próprio para o realizar consultas, bem como o tratamento clínico-cirúrgicos dos animais;
  • Hospital Veterinário: devem ser capazes de assegurar saúde preventiva, curativa e médico-veterinário aos bichinhos, além de prestar atendimento 24 horas;
  •  Ambulatório/Consultório Veterinário: estabelecimentos comumente geridos por médicos veterinários que prestam um serviço básico de consulta, além de aplicar curativos, medicamentos e vacinações aos animais de estimação.

Faça um planejamento do seu negócio

A falta de planejamento é um dos grandes motivos que levam tantos empreendimentos à falência, principalmente em seus estágios iniciais. Por isso, pense em tudo relacionado ao seu consultório de medicina veterinária antes de abrir as portas.

Defina o seu público, além de delimitar quanto dinheiro você precisará para começar o seu negócio, além de um montante extra para emergências.

Lide com todos os trâmites legais para conseguir a sua legalidade

Para legalizar a sua empresa é preciso ter com um contador, de preferência especializado em sua área de atuação. Assim, ele poderá lhe indicar o melhor e mais rápido caminho para ter o seu consultório veterinário atuando legalmente.

Confira alguns dos documentos que precisam ser adquiridos:

  • Registro na Prefeitura Municipal;
  • Registro na junta comercial;
  • Registro pela Caixa Econômica no sistema de Conectividade Social;
  • Registro na Secretaria da Receita Federal, a fim de conseguir o seu CNPJ;
  • Registro na Entidade Sindical Patronal;
  • Registro no Corpo de Bombeiros;
  • Registro no CRMV (Conselho Regional de Medicina Veterinária.

Defina um ambiente aconchegante e completo para seus pacientes, bem como para os seus donos

Os animais precisam se sentir confortáveis, já que estão estressados por estarem em um lugar novo com pessoas desconhecidas. Por isso, invista em criar um local aconchegante e com distrações, para que a realização dos procedimentos médicos seja feita de forma mais fácil.

Invista no marketing do seu negócio

Com todo o seu consultório de medicina veterinária pronto, é hora de pensar no marketing do seu empreendimento para atrair os primeiros clientes. Crie perfis nas redes sociais, bem com um site para o seu negócio.

Não se esqueça de implementar técnicas de SEO local para que seu consultório veterinário seja encontrado por moradores na região, além de produzir conteúdos de qualidade na internet para que os donos adquiram confiança e se tornem clientes fiéis.

E então? Já sabe o que fazer para abrir um consultório veterinário? Antes, leia este outro artigo e saiba o que é estudado no curso de Medicina Veterinária!