• Direito
  • V Seminário Municipal de Combate à Corrupção

V Seminário Municipal de Combate à Corrupção

V Seminário Municipal de Combate à Corrupção

A Prefeitura Municipal de Cariacica promoveu na Faculdade Multivix campus de Cariacica o V Seminário Municipal de Combate à Corrupção e contou com alunos do curso de Direito.

O Dia Municipal de Combate à Corrupção, a ser comemorado no dia 9 de dezembro, foi celebrado, em Cariacica, com a realização do V Seminário Municipal de Combate à Corrupção. Com o objetivo de contribuir com a conscientização e informação sobre o assunto, a Prefeitura de Cariacica reuniu o mundo acadêmico, principalmente alunos do curso de Direito e professores da Faculdade Multivix, com representantes de órgãos controladores como Polícia Federal, Controladoria Geral da União (CGU) e Ministério Público e, representando o município, o vice-prefeito da cidade, Nilton Basílio Teixeira.

O secretário Eliezer abriu o evento, falando dos avanços que a administração implantou promovendo maior transparência em Cariacica.

O evento foi realizado na última terça-feira (20) quando o secretário de Controle e Transparência de Cariacica, Eliezer Soares Rocha Junior, elencou os avanços que foram conquistados nos últimos anos. Desde a primeira, com a criação da secretaria, passando por ferramentas inovadoras como Declaração de Bens dos Servidores Públicos (Debasp), Portal da Transparência, Serviço de Informação ao Cidadão (SIC) e Serviço Eletrônico de Informação ao Cidadão (e-Sic) nova Ouvidoria e e-Ouvidoria, além de programas como “Eu Professor” e “Você na Prefeitura”.

Jairo Souza da Silva, superintendente da Polícia Federal Regional do Espírito Santo, elogiou esta postura de vanguarda apresentada por Cariacica e afirma que os órgãos de controle não são para atrapalhar ou assustar a ninguém. “Quem trabalha com transparência não se preocupa com controle e a Prefeitura de Cariacica, com as ferramentas que nos apresenta hoje, coloca a cidade em posição de tranquilizar seus cidadãos, pois permite que todos tenham acesso amplo às informações públicas”, comentou.

Pela Controladoria Geral da União (CGU), João Tadeu de Castro falou sobre o momento que a sociedade vive e o tema corrupção. “Corrupção é um fenômeno mundial, há casos em todos os países, por isso não devemos tratar como um ato que só existe no Brasil. Porém, temos que enfrentá-la desde a base. A grande corrupção só existe porque há a pequena corrupção”, afirmou.
O procurador de Justiça Eliezer Siqueira de Sousa também participou do seminário. Convidado, tomou o microfone ao fim do evento para comentar sobre o tema. Formado em direito e, declarando que orgulhosamente seus seis filhos também são. Além disso, falou de atitudes que precisam ser tomadas por cada cidadão para combater a corrupção. “É dever de todos, inclusive pedindo nota fiscal, de combater a corrupção. É importante o direito da cidadania e exercermos esta cidadania no dia a dia”, afirmou o procurador.

Posts relacionados