Receba as novidades do nosso blog!

Fique antenado sobre várias profissões.

  • Blog
  • Fazer faculdade de Fisioterapia vale a pena? Saiba tudo sobre o curso!

Fazer faculdade de Fisioterapia vale a pena? Saiba tudo sobre o curso!

Fazer faculdade de Fisioterapia vale a pena? Saiba tudo sobre o curso!
Teste de Carreiras Gratuito

O curso de Fisioterapia tem virado a opção de diversos candidatos na faculdade, mas muitos ainda pensam se o curso de Fisioterapia vale a pena. Essa escolha é um misto de dúvidas e decisões que devem ser levadas com seriedade para não vacilar. Para isso, existem alguns detalhes poderosos que podem te ajudar durante o processo de escolha. Veja agora um guia completo para entender o que faz, quanto ganha, onde trabalhar e tudo que precisa saber.

Neste artigo, você irá conferir os seguintes tópicos:
– Curso de Fisioterapia é difícil?
– O que faz um fisioterapeuta?
– Fisioterapia: onde trabalhar com essa formação?
– Fisioterapia vale a pena em Presencial ou EAD?
– Vale a pena fazer faculdade de Fisioterapia?

Boa leitura!

Curso de Fisioterapia é difícil?

Dentro da área de Saúde, o curso de Fisioterapia é uma das opções que vem registrando um bom crescimento no Ensino Superior, mas muitos candidatos ainda ficam com o questionamento: o curso de Fisioterapia é difícil?
Bom, essa resposta vai depender muito de cada tipo de pessoa. Mas, de forma geral, se você estiver interessado neste curso, tenha em mente as características dele.

Por exemplo, no caso dos conteúdos que são abordados durante a faculdade. Se você gosta de assuntos ligados à ciência, biologia, química e bem-estar humano, Fisioterapia pode ser seu curso ideal.

Além disso, pessoas que gostam de cuidar dos outros e possuem incentivo para projetos que duram meses ou anos, podem se dar bem nessa profissão.

Durante a faculdade, você passará por uma grade completa que começa com assuntos mais teóricos e vai até a prática profissional.

Nos primeiros anos, o aluno irá aprender alguns conteúdos mais teóricos como Biossegurança, Anatomia Humana e Patologia.

Já nos demais períodos do curso de Fisioterapia, o aluno vai aprender na prática tudo que precisa saber como um profissional formado. Neste momento, os estudos ficam focados em matérias como Fisioterapia Cardiovascular, Respiratório e Desportiva, por exemplo.

Bem como, os estágios obrigatórios que costumam iniciar já no meio do curso e ficar até o final, com experiências em diversos tipos de atuação da área.

Como aluno de Fisioterapia, além do conhecimento nos estudos em sala de aula, você também terá oportunidade de realizar atendimentos aos pacientes sob supervisão.

Em conclusão, o curso possui momentos mais difíceis, mas nada que o esforço não consiga superar.
Assim como em todos os cursos, a dica é se dedicar na aprendizagem, se envolver em projetos, estágios e se esforçar para entender e adentrar no universo da profissão.

O que faz um fisioterapeuta?

Um profissional formado no curso de Fisioterapia terá uma preparação completa para atuar em tratamentos de recuperação e prevenção de lesões e doenças relacionadas à capacidade física dos pacientes.

Para entender melhor, basta pensar nos casos que acontecem rotineiramente, como por exemplo, pessoas vítimas de acidentes.

Os fisioterapautas são responsáveis por cuidar desse tipo de paciente que, por muitas vezes, precisa de reabilitação dos movimentos.

Outro tipo de serviço muito comum é com idosos ou deficientes, para manutenção da qualidade de vida do paciente.
Além dos exemplos citados, esse profissional também atua com atletas, grávidas, pacientes com problemas de coração, pulmão, neurológicos e as demandas estéticas.

Em conclusão, este profissional é muito importante em diversos processos de saúde e bem-estar das pessoas.

Por isso, além da rotina de trabalho prática do fisioterapeuta, este profissional também encontra desafios éticos, já que esses processos de saúde contam com diversos aspectos das vidas das pessoas.

Sendo assim, a prática anda em conjunto com a sensibilidade e a preparação teórica. No mercado de trabalho, é essencial ter essas características para se destacar.

Fisioterapia: onde trabalhar com essa formação?

Um profissional formado em Fisioterapia encontra um mercado recheado de oportunidades e possibilidades de trabalho, após o final do curso.

Entre as opções, as mais comuns escolhidas pelos estudantes são hospitais, clínicas, centros de reabilitação e home care.

Além disso, cada uma delas possui subáreas de trabalho com diversas formas de atuação em cada uma.

Para entender melhor, você pode pensar no exemplo de hospitais. Dentro de um hospital, existem diversos tipos de pacientes, cada um deles com um com um tipo de tratamento diferente, possibilitando a atuação em várias áreas da saúde.

Sendo assim, a profissão garante uma experiência bem diversificada e gratificante para o profissional.

Normalmente,o ideal é escolher uma especialização para seguir após a formação no curso de Fisioterapia, assim, o profissional terá uma preparação extra e específica.

Um fator importante para ter sucesso nessa área é o estudo continuado. A saúde está diretamente ligada à ciência, por isso, as descobertas e inovações são constantes, então, para se destacar, é essencial estar sempre atualizado.

Após a faculdade, busque por especializações e cursos pelo menos uma vez em cada ano para estar sempre em constante evolução.

Já em relação ao salário dessa profissão, atualmente a média salarial está em torno de R$1.345,00 para recém-formados e chegando até a média de R$5.549,00.

Mas, esse valor salarial depende de diversos fatos, como a localização, pois em cidades maiores, o pagamento costuma ser maior.

A diferença também é encontrada de acordo com o nível do profissional, seu cargo e a empresa em que esteja atuando.

Por isso, é essencial estar atento ao longo da faculdade para entender como anda cada tipo de função do fisioterapeuta, qual você mais gosta e como deseja atuar.

Dessa forma, você terá conhecimento do cenário que te espera e terá preparação para conquistar uma carreira de sucesso.

Fisioterapia vale a pena em Presencial ou EAD?

O setor educacional está vivendo diversas mudanças nos últimos anos e a principal delas é o ensino a distância.
Atualmente, este formato de ensino vem conquistando os estudantes por ser uma opção mais independente, personalizada e por muitas vezes, mais barata.

Entretanto, também há quem prefira o tradicional para ter mais contato com a faculdade.

Mas, de forma geral, ambos são ótimas opções de estudos e não possuem diferença de qualidade quando a instituição é reconhecida, como no caso da Multivix.

Então, antes de tudo, é importante escolher uma faculdade de qualidade e que possua reconhecimento do MEC em seus cursos.

Após essa decisão, você deve refletir sobre qual tipo de ensino será capaz de atender você.

Para os estudantes mais tradicionais que preferem ter uma experiência mais próxima durante o ensino superior, o formato presencial é o ideal.

Já para alunos que não possuem muito tempo disponível, que precisam trabalhar ou que simplesmente sabem lidar bem estudando sozinho pelo computador, o EAD é perfeito.

Entretanto, em ambos os casos é essencial ter dedicação. O curso de Fisioterapia possui conteúdos mais aprofundados e de certa forma complexo, por isso, não dá para fugir dos estudos.

Por outro lado, por ser muito prático, você encontrará um estilo de curso bem divertido, completo e cheio de inovações.

Em conclusão, a escolha vai depender do seu estilo de vida e preferências. Para te ajudar, tire alguns minutos para ler nosso artigo “EAD ou presencial? Qual a formação mais indicada para o seu perfil?”.

Vale a pena fazer faculdade de Fisioterapia?

Se você chegou até aqui, provavelmente leu atentamente os itens abordados anteriormente e já entendeu um pouco melhor sobre a carreira de um fisioterapeuta.

Sendo assim, podemos afirmar que vale a pena fazer a faculdade de Fisioterapia sim, mas, só você pode decidir o que é melhor para sua vida.

Neste importante momento de decisão, você deve pensar primeiramente em suas preferências, objetivos e talentos.
Além disso, entender os desafios da profissão é essencial para você decidir se vale a pena para você.

Uma dica que pode te ajudar na escolha, é separar as três instituições do seu interesse e conhecer melhor o curso de Fisioterapia em cada uma delas.

Na Multivix, por exemplo, o curso de Fisioterapia possui diversos detalhes interessantes, como o fato de ter parceria com clínicas e hospitais para estágio.

Procure por instituições que ofereçam diferenciais e apoio durante os estudos, pois ambos são importantes para sua formação.

Mas, de forma geral, vale a pena fazer Fisioterapia. Embarque nesse universo incrível e cheio de possibilidades.

Saiba tudo sobre bolsa de estudo, financiamento estudantil e descontos.